Memória ligada a música

Cada pessoa é um caso diferente. Tem pessoa que lembra das coisas a partir de imagens, cheiros, gostos e vários outros sentidos ou coisas que aparecem e a memória vem a tona… No meu caso, é a música. Claro que eu não sou o único, mas tem sido muito comum eu escutar uma banda que eu gosto e aparecer em minha mente uma memória, boa ou ruim, mas que foi marcante.

O melhor exemplo que eu posso dar aqui é de quando eu fui viajar para a Argentina, Buenos Aires. Não sei o que aconteceu, se coincidiu de eu “descobrir” a banda na mesma época, ou no trajeto casa-aeroporto a última música que eu escutei no computador foi a da banda, mas sempre que eu escuto Arctic Monkeys, eu automaticamente lembro, de tudo, com detalhes (!), sobre a viagem. Desde de a porta meia-aberta de um dos Freeshop‘s no aeroporto de Guarulhos, também de quando eu lembrei, ao sair no aeroporto de lá, que eu poderia ter levado minha bermuda (nem faz tanto frio assim. Tá, mentira), da cara de brasileiro do taxista argentino e mais inúmeras coisas inexplicáveis que senti na viagem. Foi simplesmente inesquecível.

Mas música comigo sempre foi uma coisa que me lembra de tudo. Lembro de pessoas através de músicas. Lembro de momentos que passei com a pessoa, até nos mínimos detalhes. É uma coisa que eu não entendo. As vezes não escuto nada, apenas estou lá, quieto, parado, e ao acontecer algo, mesmo não ligando para músicas no momento, parece que isto que acabei de presenciar, automaticamente, BUSCA uma música dentro da minha cabeça. É inevitável.

A frequência que isso acontece comigo é igualmente assustadora a minha memória musical. Todos os dias, se pelo menos uma coisa acontecer, e me marcar, vai uma música. Se ficar um tempo sem me inteirar com coisas novas, bandas novas… Não haverá tanta música para tantas lembranças! Isso me motivou a baixar mais músicas. Essas que marcarão novos momentos.

Offspring, por ser minha banda preferida, só me lembra momentos bons… Ray (Millencolin), me lembra ioiô, Cartel me lembra uma menina que quero conhecer, All My Life (Foo Fighters) me lembra uma amiga muito amada minha, MakeDamnSure (Taking Back Sunday) me lembra meu primeiro show (que foi do Yellowcard… Que ironia.), Vanilla Sky me lembra outra pessoa que fico devendo em conhecer nessa vida, Saves The Day me lembra minha primeira colagem “oficial” de sticker, que foi no mesmo dia que eu conheci uma pessoa que eu gosto muito… E por aí vai! É muita coisa. Muitas músicas, muitos momentos marcantes.

Este blog, caso me renda boas coisas, ou não, com certeza será marcado por músicas… Quando descobrir, eu falo aqui.

Anúncios

1 Response to “Memória ligada a música”


  1. 1 Lucas janeiro 19, 2007 às 9:55 am

    Vitor, também rola comigo essa coisa de memória ligada a música direto. Engraçado é que no momento em que estão se passando as coisas a gente não se dá conta de que a música está ligada àquilo, só depois. Outra coisa: acho que vida deveria ter trilha sonora, cara. Não só imaginária…
    Abração.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




twitter

calendário

janeiro 2007
S T Q Q S S D
    fev »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

%d blogueiros gostam disto: