Sua vida. 5 minutos.

“Entre e pegue as coisas mais importantes! 5 minutos! Rápido!”. Imagino que essa seja a frase que o moradores das casas ao redor da cratera que se formou do desabamento das obras da estação Pinheiros do metrô de São Paulo. Quando o acidente veio a tona, eu tinha recém-lançado este pseudo-blog. Eu, por motivos que pra mim são um tanto quanto óbvios, não quis tocar no assunto por estar em total evidência. Porém, algumas semanas mais tarde, aqui estou a falar do acidente. Não do acidente, mas do que se procede nos bastidores.

Pessoas que ali viviam tiveram suas casas reduzidas a pó. Mas antes, elas retiraram dali de suas residências seus objetos de valor, material e sentimental, antes de elas serem demolidas. Na Revista da Folha (acompanha jornal Folha de S. Paulo), eu li sobre a matéria da capa que diz: “5 Minutos – Se fosse esse o tempo de tirar algo da casa, que parte da sua vida você salvaria?”. E dentro, outra pergunta muito boa, no título da matéria de capa: “[…] Uma foto, o RG, um bichinho de pelúcia… O que faria você voltar?”. Não falarei do material restante aqui. Compre o jornal, se quiser ler. Enfim…

Poucas matérias, como essa, me fazem refletir e pensar. Eu fiquei, simplismente, 4-5 horas pensando no que eu pegaria, caso uma tragédia dessa aconteça comigo. E depois de pensar MUITO, eu vi que não é tarefa difícil. Tirando roupas e coisas não tão importantes, que, com o dinheiro que você salvar você pode reparar depois, você já economiza um tempo. E, se raciocinarmos bem, todas as coisas que damos importância estão em um lugar de fácil acesso (com excessão de álbum de fotos e coisas antigas, que guardamos “bem guardado”). Mas, se você não liga muito para fotos, já é mais tempo economizado. Aqui vai o roteiro de como seria minha corrida para “como por sua vida em uma mochila em 5 minutos”:

Primeiro eu pegaria minha mochila e poria a dita cuja na cama, onde tem espaço. Tudo o que tem importância para mim eu deixo em um lugar de fácil acesso, como falei. Minha carteira, meus documentos, meu MP3, meus ioiôs, minha camera e minha chave (que jaz inútil, uma vez que a casa será demolida) ficam na cabeceira da minha cama. Meu ainda inexistente notebook ficará em acesso fácil também. Para finalizar, pego meu videogame (que faz parte de mim. [Quem me conhece…]), ponho na mochila o mais rápido possível e saio (Sim, a mochila é grande). Caso eu possa (com permissão, claro) voltar, eu pegaria algumas roupas. Vale falar que eu não voltaria, caso contrário.

É extremamente difícil resumir sua vida nessas poucas linhas que uma mochila/mala oferece. Uma história não se resume a isso. É impossível. É jogar muitas coisas memoráveis a esmo. Seu animo desaba, junto com sua casa. E enfim, é sua casa! Seu lar, seu espaço, onde você tem sua liberdade ali dentro. Eu não conseguiria.
Seria um trauma quase irreparável.

Anúncios

2 Responses to “Sua vida. 5 minutos.”


  1. 1 Joey janeiro 22, 2007 às 12:58 am

    É osso cara! assim como seus posts o comenterio tem que ser do mesmo nível. rs…

    Enfim, como ja falamo por outros meios, essa historia ai de pegar td que tem em casa e sair fora é algo impensável, sei la, acho que so na hora H mesmo pra saber oqq agente faz..

    é isso ai! abraço mano!
    Blog digno de intelectuais/empresarios.

    heheh falou!!

  2. 2 Lucas janeiro 22, 2007 às 9:56 am

    Vitor, realmente o pessoal que perdeu suas casas deve estar passando um perrengue. Isso porque os seres humanos, ao contrário dos outros animais, estabelecem uma relação afetiva com tudo o que os rodeia. E o pior de tudo é que por mais que você salve as coisas que considera mais importantes, sempre chorará por aquela que NÃO conseguiu salvar…

    Um abraço!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: