Carnaval? Folião?

Carnaval chegou, fez o que tinha que fazer, foi embora há pouco tempo, e eu num escrevi nenhum texto expressando minha horrenda raiva por este evento dos infernos que nosso país teima em fazer todo maldito ano, deixando, pelo menos, pessoas normais e de “cabeça boa”, 5 dias a 9 dias folgando. Bom pra mim… Bom pra mim o cacete! Eu tive que trabalhar na segunda, na terça e na quarta. Na quinta eu fui é estudar e depois eu ainda fui trabalhar. O mesmo aplica-se para sexta. E enfim… Isso explica minha ausência. Espero.

Cheguei a uma conclusão que acabou me esclarecendo porque eu odeio tanto tudo isso. Realmente esclarecedor. Carnaval junta TUDO o que eu não gosto, 9/10 dias seguidos. Gravem. SEGUIDOS, ininterruptos, praticamente. Em uma micareta (tão famosa. Tão odiada) você encontra: axé, pagode, funk, putaria, alcoolismo, bêbados, pé-de-chinelo, trombadinha, maconha, crack, drogas em geral e tudo de pior em uma encoxada coletiva extrema. E extremamente grande. Eu nunca gostei disso. E num sei porque algumas pessoas ainda teimam em me convencer que isso tudo o que eu citei acima é bom… Profunda pena.

Já disse um professor meu: “O ano novo brasileiro começa no carnaval! Feliz ano novo!”. Refletindo em cima disso, é a mais pura verdade. Brasileiro é uma raça maldita, puta merda. Salve exceções, todos (generalizando) são iguais. A primeira coisa que um estrangeiro fala ao você pronunciar o xingamento “Brasil” pra ele, é: “Carnaval, samba, folia, caipirinha, praia!”. Depois disso, tá mais do que provado a imagem que esse país passa pra todo o fora. Se um país se resume a isso (“isso” em tom irônico, cínico e frustrante, por pior que seja), reflita assim sobre a frase dita pelo meu professor.

E também analisando de um modo mais econômico pro país, há uma tabela totalmente bagunçada sobre isso. Vamos lá: carnaval, festa. Quem não gosta de festa, certo? (Eu não gosto!) E isso no mundo todo. Logo há um aumento na taxa de turismo do país, porque como carnaval é no Brasil inteiro, isso se espalha igualmente. E se tem muita cerveja, vodka e álcool em geral, há um aumento nas vendas disso tudo. O que cria os vendedores ambulantes, o que garante o emprego digno deles. Ou seja, mais duas melhoras. Mas como essa cambada toda é porca pra caralho, deixa lixo na rua, o que gera mais alguns empregos de gari pra limpar esse lixão todo. Mais algumas coisinhas a mais… Ok. Com tudo isso, tem algumas melhoras não? NÃO! Lendo o jornal outro dia, tive conhecimento de que o governo dá dinheiro, e MUITO, pra essa joça toda continuar. são mais de 10.000 reais DOADOS às escolas de samba pra fazer aqueles carros todos deles lá, que, no final, vai ser tudo reduzido em chamas.

Porque o Brasil não vai pra frente?

Porque é tudo carnaval, samba, folia, caipirinha e praia. Eles têm razão.

Anúncios

1 Response to “Carnaval? Folião?”


  1. 1 Anonymous março 5, 2008 às 11:48 am

    Impressionante ver alguém da sua idade com essas idéias. E sem escrever em miguxês, é praticamente um milagre.

    Parabéns!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




twitter

calendário

fevereiro 2007
S T Q Q S S D
« jan   mar »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728  

%d blogueiros gostam disto: