Dificuldades

Coisas ruins quando acontecem, acontecem tudo de uma vez. Como já visto pelos textos aqui postados ultimamente, minha vida Não anda das melhores, muito menos das mais calmas. Tanto no lado pessoal, quanto no lado mais… “Externo” da vida (das coisas que vivenciamos). Está mais do que provado, também, que estou usando o blog com textos que me fazem passar tudo isso pra vocês, porque é visível minha falta de saco para tudo o que está acontecendo, e que eu não aguento tudo, tanto, de uma vez.

Desculpem-me mais uma vez por estar escrevendo isso, e fazerem (fazer nada. Vocês leêm porque querem) vocês lerem isso, mas esse é um dos jeitos que me fazem relaxar, esses que estão limitados no meu caso.

Digamos que assim: você tá trabalhando, seus pais estão negociando em mudar de apartamento e você, tirando que chega em casa esgotado de cansado, tem prova na semana seguinte, e tem um belo problema com uma menina que você gosta. Vale falar também que você nunca foi dos melhores nos estudos, o colégio inventa uma prova a mais na sequência, nunca teve sorte com mulheres, não quer se mudar de seu tão querido lar, e esse sera um emprego sério, porém temporário, que exige que você chegue cedo e saia tarde.

Mas acho que minha pessoa mesmo só piora as coisas. Se isso tá ruim, acho um buraco bem mais embaixo. Eu sempre ouvi mais do que falei, o que me poupou muitas coisas. Pelo mesmo motivo, um excesso de pensamentos me faz entulhar tudo, complicá-las mais. Por mais simples que elas pareçam, e por mais simples que a solução seja, e pareça, as vezes até é (!). tudo caba sempre em uma colossal “bola-de-neve”, com todos os problemas juntos, cada um gritando por si. Não fica muito legal enxergando da posição que estou. Ouvindo e acompanhando, participando também, de todos esses problemas de camarote. Lógico. Eles partem de mim, logo, eu sou o dono dessa besteira toda.

Antes eu até corria o risco de responder que “melhor não poderia estar” quando me perguntavam se estava bem ou algo do tipo. Hoje tenho que falar um seco e fingido “Tudo bem”, com um sorriso falso no rosto.

Que tudo melhore. Rápido, em um pedido desesperado por socorro, por favor.

Anúncios

0 Responses to “Dificuldades”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




twitter

calendário

março 2007
S T Q Q S S D
« fev   abr »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

%d blogueiros gostam disto: