Falsas Promessas

Ok, ok… Admito que não cumpri o que falei. Mas juro que não foi por querer, pelo menos, e espero que quem lê isto se contente. Pelo menos agora que eu tenho tempo, vou ter paciência pra cumprir o que falei no post anterior. E assim será, porque além de ter tempo, e QUERO, acima de muita coisa, cumprir a “promessa”. Promessa entre aspas, sim, porque prometer mesmo, nem prometi, e se tivesse que ser pra alguém, seria só pra mim, mas enfim… E volto também sabendo que escrever vai me melhorar, numa porra de um puta ano horrível que tem sido, e esta sendo, e creio que ainda será até o último suspiro do ano.

E se serve pra explicar alguma coisa, os reais motivos eu falarei a seguir… Começando pelo fato de o rapaz que escreve todas as merdas, e que finge que tem alguém que lê tudo isso, é burro pra caralho, e sempre vai mal nas provas de seu último ano do colégio, fica de recuperação em, praticamente, todas as matérias. E sim, praticamente, porque, verdade seja dita, eu só fiquei de 6. Com 8 matérias sendo o total… Mas isso não vem ao caso, apesar de já ter dito. Foda-se. Continuando.

Sem contar também vestibulares. Graaande problema. Não mais, mas eram grandes problemas. Ainda é, na minha cabeça, quando a palavra das faculdades que eu prestei me surgem na cabeça. Ver todos os seus amigos passando na mesma faculdade, e você ficando atrasado, por um ano. O ano que foi sempre um avanço, todos esses anos no colégio, será tomado pelo cursinho. Sempre fui um ano avançado em relação à idade da turma… Adiantado acho que é a palavra, não tenho certeza. Esse ano deve ter ficado reservado pro cursinho, não é possível. Pelo menos isso. O que não me consola nem um pouco, ainda, além de saber que eu sou um vagabundo/burro, e não passei na faculdade, e farei cursinho, é saber que pessoas que eu não gosto-nem-um-pouco vão fazer cursinho no mesmo local que eu. “Sifudê”… O pior é que eu sei que se eu ignorar, a humildade vai faltar pra mim. Que merda de vida…

Também vale contar os problemas alheios aos estudos. Brigar com responsáveis pela minha vida já se tornou uma constante. Obviamente porque, na minha idade, se eu não brigasse com eles, eu não seria eu. É tão normal quanto… Andar… Que seja, falta de criatividade para criar exemplos. Problemas que, de alguma forma, conseguem tomar proporções fora do meu controle. Vale dizer também que eu nunca consigo ter controle de nada na minha vida. Nem do ioiô que quase me cegou, ao bater na minha cara, outro dia. Mas isso é um exemplo incomum. Não tenho controle de nada que pare nas minhas mãos. Assim deve servir… Nem do que pare na minha mente, se é que alguma coisa pare no meio do porrilhão das coisas ruins que penso todo dia. E problemas esses que eu especificaria, se fossem tão simples assim.

Problemas, problemas… Vão e voltam com uma freqüência. Problema com a família, com os amigos, com as pessoas que gostamos, com pessoas que aparecem nas nossas vidas, com arrependimento…

Mas pelo menos tudo isso serve de assunto para outros textos, o que, alias, já vou preparar outro agora mesmo. Pelo menos isso não me deixa pensar merda, e consigo me focalizar em uma coisa só… Ou não.

Pelo menos mostrem um pingo de atenção na pseudo-volta ao blog, e comentem. E um chupa pra quem pensou que seria um blog de alguém frustrado com a vida e que teria um fim como a maioria dos outros blogs. Até a parte do fim, é tudo verdade… Droga.

Anúncios

2 Responses to “Falsas Promessas”


  1. 1 Everaldo Vilela dezembro 22, 2007 às 12:37 am

    Pretende ingressar na faculdade em qual curso??


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




twitter

calendário

dezembro 2007
S T Q Q S S D
« set   jan »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

%d blogueiros gostam disto: