Eu corro

Pessoas me perguntam porque eu corro, e eu vou dizer o porque que eu corro. Não tem motivos especiais, é óbvio a ligação de se fazer depois que tudo for dito. Isso me lembra Forrest Gump, mas só pela parte da corrida.

Acho que eu tenho muito energia pra gastar, deve ser isso. Sabe quando alguma pessoa bem mais velha que você comentou com outra tão igualmente mais velha que criancinhas tem energia em excesso pra gastar, por isso são agitadas e devem praticar esportes e brincar muito no dia, pra eles se cansarem e dormirem em paz para não encherem o saco dos pais? Exatamente isso que eu acho que acontece. Acho, né, porque certeza é difícil. Mas nos dias que eu estou mais disposto, como qualquer ser humano em um dia disposto, tenho mais energia pra gastar. E como não é difícil de acordar num dia disposto, conclue-se.

Tem o fato de fazer as coisas com muito gosto. Fazer coisa com pouco gosto não presta. E fazer coisas pra não prestarem, não faça. Tudo o que eu faço é porque eu gosto, e porque eu quero fazer. Vez e outra aparecem algumas desagradáveis, mas a falta de vontade com a que as faço é notável.

Não consigo acreditar como as pessoas não conseguem ou não sabem ou não querem ou sei lá o que fazer com seu tempo. Tendo horário ou não, é muito primordial saber aproveitar seu tempo. Se eu não corresse, acho que eu iria aproveitar menos de 6 horas do meu dia, sendo que 4 dessas horas seriam reservadas apenas para transporte de ida de de volta para casa, sem contar o que, dependendo do programa do dia, eu ia gastar com o transporte das atividades. Qual o problema de querer passar o maior tempo possível fazendo coisas boas, correndo ou não? Corro mesmo. Pra der tempo de fazer tudo o que eu quero no dia. Também não é nada estressante ficar correndo. Quero relaxar, vou correr.

Passar tempo com as pessoas que eu amo. Eu quero é passar o maior tempo possível ao lado dela(s). Vou correr pra encontrá-la. Chegar cedo, aproveitar o dia, e ficar o máximo que eu posso. Não passar saudade, ir correndo vê-la. Nunca passamos tempo suficiente com as pessoas que amamos, and this, my friends, is a fact. Ou corro pra voltar pra casa e não deixá-los bravos, e pra poder pegar ônibus mais sossegado.

Juro que também não uso isso pra desculpa de fazer exercícios. “É menino, acho que você tá muito fraquinho e sedentário, hein? Fica jogando videogame aí o dia inteiro… Devia fazer uma musculação, ir pra academia.” Não respondo isso com um “Eu já ando quilômetros TODO DIA com uma mochila pesada nas costas”. Eu só falo que eu não quero. E se tem uma coisa que correr é, é o fato de ser relaxante. Até não necessariamente correr, mas andar longas distâncias, ouvindo uma boa música, apreciando uma poluição de São Paulo (eu aprecio, sem ironias). Que mané Parque do Ibirapuera, o que pega é andar da Av. Paulista até a Sé.

Anúncios

0 Responses to “Eu corro”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




twitter

calendário

dezembro 2008
S T Q Q S S D
« maio   jan »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

%d blogueiros gostam disto: