Archive for the 'blog' Category

digerir merda?

o quanto vale a pena você continuar? as vezes é ridículo perguntar isso, e a maioria das pessoas provavelmente vão entender isso da maneira errada, mas você é você, e vamos seguir aquela padrão foda-se os outros. você sabe do que você é capaz, onde você quer chegar, o que te que fazer para conseguir chegar onde você se projeta daqui a alguns anos. certo? ou errado?

não questione.

continuar no sentido de continuar mesmo. sabe?

vamos pular o zé roela que tá falando que você quer se suicidar. você também ouve ele, e você vai mandar ele tomar no cu suave.

você pensa, re-projeta todas as suas expectativas, revê tudo o que queria comprar, viagens a fazer, finais de semana perdidos por dar um tempinho, ou a somatória de todos os 10 minutos que você ficou depois das 19 horas sentado quando deveria era estar no trânsito. e não que o trânsito seja melhor, mas convenhamos: nem tudo que vem “a mais” vale a pena. não tente generalizar.

as vezes tudo o que eu falo é meio bosta. não me menosprezando, porque eu sei muito bem quando eu falo sério e quando eu falo bosta, e quando eu mereço ter atenção, e quando eu só estou recitando algo pronto da minha cabeça: mas palhaçada é universal. assim como bom gosto, e isso é verdade: quando o negócio é bem feito, não a negação. você pode não gostar, pode achar feio, pode até fazer melhor, mas o conjunto da obra fala por si.

um dia eu chego nisso ai. passo disso logo depois.

parece nóia demais pra uma coisa de pouca duração. mas eu to dizendo que isso me remete ao meu primeiro namoro: eu aguentei muito tempo, muita merda. aguentei até o momento que achei que era merda demais. (todo mundo é obrigado a aguentar merda. tomar no cu. hoje inventei a expressão “cara de quem tomou no cu”. não sei o quanto isso faz sentido fora da minha cabeça, mas vamo omar no cu ae gente? vocês vão ver que é dahora. e olha que nem sou parâmetro.) porque merda tem limite.

profetizo: merda-tem-limite.

acho que achamos outro bom senso universal: merda. pra mais e pra menos, acho fácil de ser reconhecida.
digerir já é outra história. e nem é tão longe desse ponto de partida.

(ou entendam tudo pelo resumo “saber dar valor a si”)

Anúncios

Tumors

Clique para tamanho original (é grande)

Primeiro teste. Gosto do efeito escorrido em canetas e tintas, e tentei no meio de uma das aulas. Enxarquei a ponta da Posca preta, mais uns riscos em cima. O desenho em si eu já tinha em mente. E os pingos foram mais ou menos no mesmo estilo. Depois de scanneado, Photoshop para contorno e cores, Illustrator para vetorização

Pequenas coisas assim: desenhos legais, quando consigo fazer exatamente o que estava pensando, me deixam muito, muito bem. Sabem tirar a cabeça fora de qualquer pensamento por algumas horas, só desenhando, focando em uma coisa só? Faz valer a pena. Relaxa. :)

Blog “Day”

Não tenho o costume de fazer esse tipo de apanhado/seleção de blogs ou sites que eu gosto e divulgar. Sei que no twitter tem o Follow Friday, que toda sexta você indica umas pessoas legais que você segue, meio que falando “AEAE todo mundo segue essa gente ae porque eles são minimamente legais!” nas entrelinhas. Eu nunca fiz isso. Não porque eu acho nada, só nunca tive saco pra fazer isso mesmo. Acho meio FEIO fazer essas seleções instantâneas, na verdade. Mas entendam como bem quiserem.

Ouvi do Blog Day esses dias. E bem que falaram “Nossa, nem falaram nada do Blog Day esse ano, né? Bizarro”. De fato. Nos outros anos, rondando os blogs que costumo ler, vi muitas seleções do Blog Day por aí, e esse ano mal ouvi falar. Nem teria visto mesmo se não tivesse notado o comentário mostrado. E aí comecei a pensar em fazer um. “Ah, uma vez aí. Não tem porque não.”

Então, 3 dias depois da data original pré-determinada no site do “evento”, eu decidi a lista que publicarei a seguir. Esse foi o tempo que me levou pra decidir o que escolher, também.

Mais uma última coisa antes de colocar tudo aqui: pensando nas coisas, eu percebi que leio muito poucos blogs “blogs” mesmo. Blogs pessoais, daqueles que você procura e lê a vida do cara , além de estarem em extinsão, eu não procurei muitos. Os que leio estão muito mal atualizados, também. [Foda que quando tem post nesses não-tão-atualizados, valem a pena.] Acabei por decidir que blog por blog, eu já considero tudo como blog. Tirando sites de empresas ou catálogos, como sites de apresentação de marcas e essas coisas, qualquer coisa atualizada com notícias ou textos é uma forma de blog. Só saber diferenciar isso tudo dentro da palavra “blog” que é tudo nosso.

1. The  Whatever Blog

i’m rachel.

this page was originally created for personal reference, as sort of an e-scrapbook or idea catalog.

[…]

this “blog” will forever remain inconsistent.

Vi esse tumblr por uma imagem que lhe pertence que um amigo postou no twitter. Me interessei e explorei mais o blog, e comecei a achar essa menina genial. Tem MUITA coisa bizarra e legal no meio de todas essas páginas. De fotos sensuais a desenhos retardados e textos inteligentes. Um dia fui capaz de ver todas as imagens e ler todos os textos de cada uma das páginas até o dia atual. Absorvi muita coisa, ironicamente.

Não só esse, mas muitos outros tumblrs, ou o tumblr em geral, subiu no meu conceito. Definitivamente é um pessoal muito mais “selecionado” que faz uso da ferramenta. Como não é uma coisa que brasileiro já tomou conta e escrotizou a merda inteira, vale a pena explorar outros usuários. Canais de fotos de celebridades como Zooey Deschanel e Emma Watson, um especializado a falar de amor [bonitinho] e outro de quadrinhos. Muito bons.

Perco umas horas dos meus dias vendo imagens nesses tumblrs. Se eu acho que vale a pena ou não, enfim. To falando aqui. :)

2. LazyMuFFin on deviantART

Webcam:

Faço a menor idéia de como eu cheguei nesse deviant, mas quando me foi introduzido, o foi feito através desta animação. Não tem como: eu ROLO de rir toda vez que assito essa animação. E depois que assisti as outras do autor, nunca ri tanto de uma vez só.

O nome da cabeça por trás de tudo é Yotam Perel, um jovem Israelita [sim, fucking insane. Descobri que o truta é de lá só quando tava reunindo informação pra encher estes parágrafos] que, por uma de suas últimas animações, você percebe que tem 18 anos [quando conheci, vi por outra de suas animações que ele tinha 16. Achei FO-DA um moleque de 16 anos fazer as coisas de qualidade que ele faz. Por “qualidade” entende-se não só o nível da animação, mas algumas piadas que ele faz, e a qualidade da comédia que ele faz].

Recentemente também comecei a seguir o twitter do rapaz, que infelizmente não posta muito, mas pela consideração. Visitem e chorem de rir vendo outras animações como Birthday 3, Birthday 2, ONE MILLION PAGE VIEWS etc.

Outra ferramenta também muito pouco explorada, pelo que vi e pelo que conheço, é o DeviantART. Conseguimos achar muita coisa de ótima qualidade ali no meio de tantas pessoas. Um dos meus estúdios preferidos de desenho, UDON [wiki], tem sua página no Deviant, com muitos trabalhos de alta qualidade lá. Salvo alguns artistas, gosto da maioria.

Novamente, explorando, é possível encontrar muitos artistas em pixel de boa qualidade como BLiTZ [nome de fórum de quando eu costumava fazer pixelcars também [pra ver desenhos de minha autoria só clicar no link pro meu deviant na categoria links, à sua direita]], esse que também não faz mais tantos pixelcars, mas que é designer e faz trabalhos muito bons, e Marc-PHX, conhecido meu no twitter, que também faz gifs de pixel muitos bons, entre outros fotógrafos de boa qualidade ou artistas plásticos/designers. Tem muitos, e de muito bom gosto também.

3. SneakersBR

É um site, como preferir. Sobre sneakers e cultura urbana e roupas e essas coisas. E é brasileiro. E é de qualidade. Confesso que eu ia colocar o site Hypebeast no lugar do SBR, mas a qualidade não perde em nada. Talvez no conteúdo, mas cheguei aà conclusão de que o conteúdo no SBR é muito mais selecionado até que no Hypebeast, o que decidiu a minha escolha.

O SneakersBR começou como um blog mesmo, em sua raiz propriamente dita, e em alguns anos se tornou o site que é hoje. Se não for único, é o primeiro brasileiro a ser especializado em falar de sneakers e cultura. Esse ano foi lançado, em parceria com a Nike, em comemoração aos 2 anos do site, um Air Max 1 chamado “Lanceiro”. O tênis tem a temática pernambucana [estado de origem do site], e fala sobre um dos movimentos culturais mais tradicionais não só do estado, mas como dos costumes brasileiros, o Manguebeat. Saiba mais.

Quem não sabe ae, gente, então… Eu curto tênis. Sabe? Uma sola, um cadarço, e uma base de tecido? Então. Gosto, e é isso ae. Sem marcas preferidas nem nada. Vou nas lojas e fico vendo os tênis, hoje já tenho as lojas mais selecionadas na minha cabeça. Acompanho os lançamentos das marcas, e por outros sites acompanho lançamento de coleções de roupa e peças limitadas. Difícil é que é um gosto meio caro. Mas em tudo se dá um jeito. Haha

4. Luz – photos from xon

Há quem ache “brisa” demais, ou meloso demais e blablabla. Eu acho muito pau no cu essas pessoas que não conseguem apreciar um texto ou ler com outros olhos algumas coisas e acabam falando merda sobre as mesmas, apenas por não entender. Eu até entendo pessoas não serem do mesmo CLIMA que algumas músicas ou alguns textos que são publicados, mas falar mal de uma coisa boa por não entender é pura ignorância.

Lucas Castello Branco, dono do fotolog, vocalista de uma das minhas bandas preferidas: R.Sigma. Eu conheci a banda pela televisão! Há. Quando eu imaginava que realmente era algo sem futuro essa tal de transmissão televisiva, me aparece My Name Is Earl, Luisa e Kika na MTV Brasil e alguns programas randômicos. Num desses programas randômicos estava passando o Nokia Xpress Bands no Multishow uma hora, e o R.Sigma foi uma das finalistas. Não botei uma fé no começo, mas quando vi, já tava procurando MySpace e escutando mais músicas. No final do programa eles ergueram o troféu de ouro do concurso, e eu já tinha virado fã.

Pelas letras e pela sonoridade, gostei muito da banda. Procurando sobre os membros [rato de internet filhodumaputa] achei o fotolog dele. Seguindo a linha das letras que se formam na banda, os textos que ele escreve são fodidamente reflexivos, com muito ar de poesia, um ar muito romântico e ainda assim muito melancólico e triste. Eu gosto. Muito, na verdade. Muitas pessoas acham que é triste demais e que as afetam de modo negativo. Muito pelo contrário: comigo ocorre uma sensação de reconhecimento com os textos, o que me afeta de modo muito positivo.

De qualquer jeito, acho que vale a pena ler pela qualidade e até, em algumas vezes, pela complexidade dos textos. Assim como vale a pena ouvir R.Sigma [fotolog] pela sonoridade e honestidade que a banda transmite ao tocar.

5. Flickr: DaigoOliva’s Photostream

Fotógrafo. Outro que põe tanta honestidade e tanto gosto do trabalha que vale a pena ver só por causa disso. Mas muito além disso, a qualidade das fotos que ele faz é algo espetacular [essa palavra para sempre me lembrará o Esporte Espetacular]. Ele fotografa, em maioria, shows e bandas, mas também com trabalhos de foto-jornalismo e cobertura de eventos, como o Carnaval.

Cheguei no Flickr do mesmo quando descobri que uma das fotos mais bem feitas de todos os tempos na minha opinião é de sua autoria.

Por ser de uma banda que não muitos fora dessa certa cena conhecem [Eu Serei a Hiena], procurei mais trabalhos dele com outras bandas, e acabei por descobrir seu trabalho geral. São fotos com uma identidade. Acho muito mais importante que fotografar bem, é ter uma identidade em suas fotos. É quando alguém vê fotos, e, no meio de tantas, conseguir diferenciar a SUA, por ter SEU estilo, SUA atitudade, extravasando SUA personalidade pelo seu jeito de fotografar [Haha]. Isso é uma coisa que falta em muitos fotógrafos aí, e eu acho que ele tem.

Ele fotografou MUITAS bandas FODAS. Se alguém quer ter boas referências musicais, taí! Muitas das bandas que ele fotografou são bandas do meu top10 musical, por assim dizer. Dead Fish, Eu Serei a Hiena, Boom Boom Kid, e ainda outras fodas como Interpol, The Evens, Discarga, Hurtmold, Slayer. Fico outras horas do meu dia pra conseguir ver todas as fotos que ele tirou. Vale a pena. Da pra tirar umas lições de fotografia daí, fácil, fácil.

Sem contar que ele conheceu o Ian MacKaye, rapaziada. I rest my case.

SIDEBOARD!
Outros blogs que eu considero valerem a pena. Acho 5 um número muito pequeno talvez. Então colocarei mais 2 aqui, com uma descrição mais breve:

6. Youtube – jaaaaaaa’s Channel

Julia Nunes, ukelele player [porque “tocadora de ukelele” é uma expressão tosca pra caralho de se ler] e deveras bonita. Eu não sei muito o que falar sobre ela aqui, na verdade. Ela é bonita, toca muito bem e canta muito bem. É simplesmente cativante. Tipo… Cativante, sabem? É. Isso ae. Deixo uma amostra:

Veja também: MySpace e Site

7. Flickr: whiptastic’s Photostream

Grafiteiro. O conheci jogando ioiô, e ele é, facilmente, um dos melhores grafiteiros mundiais, arrisco dizer. Sem contar que joga ioiô muito bem, mas isso é detalhe. No flickr ele posta muitos, muitos desenhos próprios, partes de sketchbook e fotografias em ação e de trabalhos prontos nas ruas. Um de seus trabalhos recentes que eu gostei muito, para demonstração:


And that’s it!

Espero que todos tenham gostado ou se interessado pela minha seleção. Comecei a achar um pouco prepotente demais a idéia dessas seleções depois de pensar um pouco, esperar que todos confiem nas coisas que eu falo e tal, mas acho que acabei pensando demais. Essa foi minha opinião, espero que todos gostem e até a próxima.

:)

Linhas

-É…

Duas linhas, sabe? Uma aqui, aí a outra… Aí elas vão, vão… E elas se encontram. Quando desse encontro elas continuam… Apenas… Segue, sabe? Mas aí… As vezes simplesmente não. E elas não mais…

Separam.

Entende?

-É. Difícil.

Nova URL, novo título

Mudei o endereço, e o título. Qualquer idéia que todos os que não entram aqui tiverem, por favor.


twitter

calendário

setembro 2017
S T Q Q S S D
« jun    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930